Purple Apple: Mordida 24+ Música da Semana!

31

01

Olá, seja bem-vindo a mais uma história que acontece na cidade de Mare Rosso!

Mona (Monique Gauthier) e Anna (Anna Ahmed) são velhas conhecidas. Vampiras e Cantoras que por anos eu lancei uma webcomic delas aqui.

Hoje, uma one shot, escrita pela querida Ana Recalde e desenhada por mim, Chairim!

Espero que gostem e apreciem a aventura dessas Francesas em terras Italianas. O que querem por aqui?

 

Música da semana, é algo que particularmente amo demais, e acho que combina muito com a dupla Purple Apple:

Amanda Palmer – The Killing Type

Sou fã da Amanda Palmer. Pelo que ela é, representa e pela música que faz. Se você ainda não conhece o trabalho dessa mulher, não perca tempo 😉

 

Amanda Palmer nasceu no Mount Sinai Hospital de Nova York, e cresceu em Lexingotn, Massachusetts. Ela frequentou a Lexington High School, onde participou do departamento de teatro. Depois, frequentou a Wesleyan University, onde foi membro de uma das fraternidades mais antigas dos Estados Unidos, a Eclectic Society. Ela encenou performances baseadas no trabalho da banda The Legendary Pink Dots, e esteve envolvida com a lista eletrônica de discussão da Legendary Pink Dots, a Cloud Zero. Nessa época, ela formou o coletivo Shadowbox Collective, dedicado ao teatro de rua e também a montagem de peças (como por exemplo a peça Hotel Blanc, que ela dirigiu, em 2002).

Interessada pelas artes performáticas, tanto musicais quanto cênicas, Palmer passou algum tempo se vestindo de uma estátua viva chamada “The Eight Foot Bride” (algo como “A noiva de dois metros e meio”) no Harvard Square, Cambridge; Edinburg, Scotland; Australia (onde conheceu Jason Webley); assim como em muitos outros lugares. Ela faz referência a essa linha de trabalho na canção “The Perfect Fit”, presente em álbum da The Dresden Dolls.

The Dresden Dolls

Numa festa de Halloween em 2000, Palmer conheceu o baterista Brian Viglione, com quem mais tarde formou a banda The Dresden Dolls. Empenhada em expandir a experiência e a interatividade das artes performáticas, Amanda passou a convidar estudantes da Lexington High School para realizarem peças de teatro em seus shows. A The Dirty Business Brigade, uma trupe de artistas jovens e diversos, participou de várias apresentações. Os personagens convidados se misturavam na platéia antes e durante o show, e alguns grupos veteranos às vezes participavam com coreografias no palco. Marionetes em tamanho natural, “coin-operated boys” estátuas vivas e outras manifestações underground recebiam os fãs, enquanto o circo e o burlesco chamavam a platéia para a música da Dolls, criando uma atmosfera participativa, que levava a platéia a experimentar vários tipos de arte simultaneamente.

Depois de conquistar seguidores, em 2002 a banda gravou o álbum de estréia, o homônimo “The Dresden Dolls”, com produção de Martin Bisi. O álbum foi produzido antes da banda ser contratada pela Roadrunner Records.

Em 2006, o songbook The Dresden Dolls Companion foi publicado – com texto, música e arte de Amanda Palmer. Nessa publicação, ela escreveu a história do álbum The Dresden Dolls e do duo, assim como uma autobiografia parcial. O livro também contém letras, partituras e comentários sobre cada música do disco, tudo escrito por Palmer, assim como um DVD com entrevista de 20 minutos com Amanda, sobre o processo de criação do livro. Em junho de 2007, como integrante da Dresden Dolls, participou da turnê True Colors Tour, que incluiu sua estréia na New York City’s Radio City Music Hall, e também sua primeira crítica no The New York Times.

Em Julho de 2008 saiu o segundo livro da Dresden Dolls, o “Virginia Companion”. É um desenvolvimento do The Dresden Dolls Companion, incluindo músicas e letras dos álbuns “Yes, Virginia…” (2006) e “No, Virginia…” (2008).

Fonte e para mais: Wiki!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s