Mordida 17 + Música da Semana

18

 

Ahhhhhhh, que a sexta tá quase acabando, mas ainda não acabou!
Página nova pra vocês e… ops, Ana! Mas como assim, que covarde, pelas costas :O

He, he

A música da semana é uma coisa gostosa que eu descobri nessa madrugada e estou apaixonada:

Youth – Daughter

Daughter é o nome da banda londrina com uma sonoridade própria[1], muito próxima do indie rock, liderada pela guitarrista/vocalista Elena Tonra e acompanhada pelo baixista Igor Haefeli e pelo baterista Remi Aguilella.

 

Mais em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Daughter_(banda)

 

 

 

Mordida 16 + Catarse + Música da Semana

17

Pobre Ana… quem manda se meter com o que não deve, não é? Depois, só pode lamentar…

Bom..

Gratidão!

Terça o Catarse de Mare Rosso teve fim. Depois de longos 47 dias!
Não foi fácil, não foi simples, não foi nada disso não… mas foi emocionante e gratificante.

Chegamos aos incríveis 203%

Isso foi surreal pra mim, Gratidão a todos que apoiaram, torceram, compartilharam e dançaram comigo a dancinha do “cai, cai boleto”. Ter dado tudo certo só foi possível graças a todos vocês!

E uma forma humilde, mas sincera de agradecer é compartilhar com vocês, enfim, a capa oficial de Mare Rosso que essa semana já vai ir pra Gráfica ficar cheirosinha

512_indiana_e_caravaggio

 

E a Música da Semana:

The Strokes – You Only Live Once

Apesar de curtir muito The Strokes, eu sempre acabo me esquecendo desses guris quando penso “o que vou ouvir hoje?”

Bom, ao menos hoje, o pensamento caiu neles e resolvi compartilhar com vocês ❤

Tradução:

Você Vive Somente Uma Vez

Algumas pessoas pensam que estão sempre certas
Outras são quietas e irritadas
Outras parecem tão legais legais legais, oh
Por dentro elas talvez se sintam tristes e erradas

29 Atributos diferentes
Apenas 7 que você gosta (oh-ho)
Vinte jeitos de ver o mundo (oh-ho)
São vinte jeitos de começar uma briga (oh-ho)

(Oh, não, não) não saia
Eu não consigo ver o brilho do sol
Eu estarei te esperando, amor
Porque eu estou cheio disso
Sente-me
Cale-me
Vou me acalmar
E vou me dar bem com você

Homens não percebem o que tem
Mulheres pensam muito nisso
Mil maneiras de satisfazer seu homem (oh-ho)
Nenhuma requer um plano (eu sei)

Incontáveis religiões estranhas também
Não importa qual você escolhe (oh, não)
Um jeito teimoso de te dar as costas (oh-ho)
Isso eu tentei e agora recuso (oh-ho)

(Não, não) não saia
Eu não consigo ver o brilho do sol
Eu estarei te esperando, amor
Porque eu cheio disso
Me senta
Me cala
Eu me acalmarei
E vou me dar bem com você

(Certo)

Me cale
Me cale
E me darei bem com você

 

 

Mordida 14 + Catarse + Música da Semana

15

Mais uma semana, e estamos na reta final do Catarse! Gente, que troço tenso… ahaha o lindo é que falta bem pouco, bem pouco mesmo, pra Mare Rosso ser lançado totalmente colorido, já conferiu o projeto? Não? Então vai lá: Mare Rosso no Catarse

E pelo jeito a Ana não está com muita sorte, em? É… karma :p

Música da Semana:

Vamos entrar no clima dos vampiros nessa sexta =)

Blutengel- Reich mir die Hand

 

Sobre a banda:

Blutengel (em alemão: Anjo de Sangue) é um grupo alemão com gênero voltado ao Futurepop e de estilo gótico. A banda é formada por seu fundador, Chris Pohl (também integrante e criador do Terminal Choice, Tumor, Pain of Progress e Seelenkrank), todos seus projetos musicais. As letras são escritas em duas línguas, inglês e alemão, juntando vocais masculino e feminino.

Após enfrentar problemas legais no Seelenkrank, o conjunto voltou com novos integrantes e um nome redefinido: Blutengel. No começo as letras eram escritas em alemão, passadas mais tarde ao inglês. Usando os conhecimentos de D.J. do próprio Chris, mesclaram vozes femininas masculinas a um som eletrônico. As letras geralmente tratam de amor, tragédia, esperança e de todos os desejos do ser humano.[1]

No começo as vocalistas eram Kati Roloff e Nina Bendigkeit. Kati e Nina em dueto no Blutengel no álbum Child of Glass em 1999. Mesmo tendo o álbum como grande sucesso, demoraram dois anos para conseguir gravar outro disco, o Seelenschmerz.

No ano de 2000, Nina saiu da banda e Gini Martin foi encontrada para substitui-la, completando o dueto. “Children of the Night”, “Der Spiegel”, “Soul of Ice”‘ entre outras do CD “Seelenschmerz” obtiveram grande êxito, chegando ao mais alto Top da Alemanha.

 

Para saber + e Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Blutengel